Testamos: celular brasileiro custa R$ 700 e roda Android Go

A empresa brasileira Quantum chegou ao mercado apenas em 2015, mas deixou uma boa primeira impressão. Seus aparelhos vinham com Android puro e boas configurações pelo preço cobrado, competindo com os modelos de marcas mais conhecidas, como Motorola. A marca manteve essa proposta nos anos seguintes, lançando também modelos de entrada. E é justamente um desses que ela apresentou durante a Eletrolar Show deste ano: o Quantum You Dois.

O aparelho tem como grande diferencial o sistema operacional. Em vez da versão completa do Android, ele roda o Android Oreo Go Edition, pensado para smartphones com configurações básicas. O sistema é mais leve e traz apenas as versões simplificadas dos apps do Google, ocupando menos espaço e demandando menos memória do aparelho.

Isso explica as especificações do modelo. Ele conta com apenas um giga de memória RAM, que vem acompanhado de um processador MediaTek de quatro núcleos e um vírgula três giga-hertz. A tela de cinco vírgula cinco polegadas tem resolução HD Plus, e as câmeras frontal e traseira tiram fotos de 8 e 13 megapixels de qualidade até aceitável. Em testes preliminares, o conjunto todo foi suficiente para aguentar o Android Go sem grandes engasgos. Mas, com o tempo, a história pode ser bem diferente. De toda forma, o modelo tem preço sugerido de 750 reais.

O modelo vai fazer companhia aos aparelhos anunciados pela marca irmã da Quantum, a Positivo. A marca nacional também levou à Eletrolar um de seus modelos com Android Go, o Twist Metal. Ele também tem um giga de RAM e processador de quatro núcleos, oferecendo desempenho semelhantes. Mas o modelo oferece o dobro de armazenamento: 32 giga. O preço sugerido também é mais convidativo do que o do aparelho da Quantum: 700 reais.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ