Entenda o que é o Android puro, suas diferenças e vantagens

Puro, autêntico, inalterado…legítimo. Muita coisa é melhor quando pura: o próprio ar que a gente respira; a água; a cerveja "puro" malte… Outras, nem sempre. A gasolina, por exemplo: pura é boa. Aditivada pode ser ainda melhor. Já adulterada, um pesadelo. E quando se trata de Android? Não é de hoje que se fala em Android Puro, mas desde o lançamento do Pixel, o smartphone do Google, a discussão está cada vez mais em alta.

Criado em 2008, o Android é um sistema operacional móvel de código aberto. Qualquer fabricante que utilize a plataforma tem total liberdade para usar, modificar e distribuir o sistema em seus dispositivos. Muito antes de o Google lançar seu primeiro smartphone, diversas marcas já usam o sistema operacional em seus smartphones há bastante tempo. Para diferenciar seus aparelhos e até criar uma identidade, as fabricantes modificam o Android antes de instalar o sistema em seus dispositivos. É uma espécie de segunda camada que inclui não só uma aparência diferente, mas também exclui algumas funções, adiciona outros recursos extras e traz uma série de aplicativos pré-instalados.

É difícil classificar essa camada de modificação feita por alguns fabricantes como boa ou ruim, mas, sim…há vantagens e desvantagens notórias. Ao mexer no Android, as marcas podem, por exemplo, aproveitar melhor alguns componentes de hardware do aparelho, como a própria câmera e alguns sensores e até oferecer funções que nenhum outro Android tem…

No Android Puro são aqueles recursos desenvolvidos pelo Google e ponto final. E isso está longe de ser ruim. O primeiro fato é que ao incluir novas funções e modificar o sistema operacional, a marca automaticamente altera o desempenho do sistema operacional e também acaba ocupando espaço de armazenamento do dispositivo com a instalação de aplicativos que, às vezes, não fazem diferença para todos usuários e, pior, que não podem ser desinstalados tão facilmente.

Talvez a principal vantagem do Android Puro é receber as atualizações do sistema mais rapidamente. Os smartphones de marcas que não modificam o sistema operacional estão entre os primeiros a serem atualizados para as versões mais recentes. Já os usuários de dispositivos com o sistema modificado precisam esperar por algum tempo para obter uma atualização. Isso porque as fabricantes precisam alterar muito do software antes de colocá-lo em seus dispositivos.

Por último o Android Puro costuma ter um design minimalista e mais limpo. A simplicidade se torna uma ótima opção para iniciantes por ser mais intuitiva e até fácil de usar. Ainda assim, no final das contas, não é possível dizer que o Android Puro ou Modificado é melhor ou pior que outro. São diferentes…e a escolha é toda sua!

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ