Apple deixará Intel de lado no iPhone de 2020

A Apple ainda nem falou nada sobre os iPhones que lançará neste ano e em 2019, mas já temos novidades sobre a geração de 2020 do smartphone. Segundo um e-mail interno e fontes próximas ao assunto consultados pelo Calcalist, a empresa vai deixar a Intel de lado de vez e não deverá usar nem mesmo o modem 5G da marca no aparelho.

A possível mudança marca mais um passo da Apple rumo à separação completa da Intel. Segundo reportagem da Bloomberg de abril deste ano, a empresa já pretendia deixar os chips da fabricante de lado nos Macbooks lançados a partir de 2020.

O plano da marca é usar processadores próprios nos notebooks – algo que ela já mostrou que sabe fazer muito bem, como comprovam os iPhones com os SoCs da linha A. A ideia é integrar melhor seus dispositivos, algo que foi sinalizado também durante a WWDC deste ano, quando a Apple falou sobre apps de iOS rodando em Macs.

Do lado da Intel, o desenvolvimento do modem 5G, chamado internamente de “Sunny Peak”, já foi interrompido, ao menos por ora. De acordo com a reportagem do Calcalist, a fabricante esperava ter na Apple o principal comprador da peça. Mas a marca ainda não desistiu, e executivos esperam agora “melhorar o Sunny Peak para levar o modem para dentro dos dispositivos móveis da Apple de 2022”, segundo o texto.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ